Almaúnica S8 Syrah

SKU
34715
Uva: Shiraz
Tipo: Tinto
Graduação alcoólica: 14%
Safra: 2018
Vinícola: Almaúnica
R$398,00
R$378,10 (5 de desconto) no Boleto, Transferência ou Depósito
Em 2008, ano do início do projeto Almaúnica foi plantado o vinhedo da variedade Syrah. Esta variedade foi escolhida para comemorar os 8 anos deste projeto, por ser considerado um ousado e corajoso desafio, tanto sua implantação quanto sua difusão no Vale dos Vinhedos. Este desafio foi vencido e hoje ela representa a casta destaque da Almaúnica. e merece ter seu projeto comemorado a cada safra excepcional. Um vinho único e memorável.
Vinhedo: Serra Gaúcha
Classe: Fino
Classificação: Seco
Volume: 750 ml
Amadurecimento: Foram selecionadas barricas de carvalho americanas novas com maturação de 24 meses.
Temperatura: 15 a 18ºC
Potencial de guarda: 10 anos
Visual: Vinho tinto majestoso de coloração rubi intenso com reflexos violáceos.
Olfato: De paladar encorpado, intenso e prolongado. Complexo e distinto, no aroma destacam-se as notas de framboesa, eucalipto, café, pimenta-preta, cacau, passas, tabaco, chá-preto e torrefação.
Paladar: O sabor é rico, com uma acidez equilibrada, taninos maduros (macios), marcantes e de boa qualidade. Tem notas de especiarias, com retro gosto persistente.
Harmonização: Acompanha carne de caça, queijos fortes, lombo de cordeiro assado, risotos, massas com molhos ricos e estruturados.
Faça um Comentário
Somente usuários cadastrados podem escrever avaliações. Por favor, faça seu login ou cadastre-se
Almaúnica

Saiba mais sobre a vinícola:

Fundada em 2008, a Vinícola Almaúnica tem em seu DNA uma paixão secular pelos vinhos. Foi criada pelos irmãos gêmeos Magda e Márcio Brandelli na cidade de Bento Gonçalves. Os irmãos montaram uma empresa que alia tradição familiar na cultura do vinho com propostas inovadoras, embasadas no desejo de elaborar produtos nos quais se expressa o amor e o carinho pelas videiras e arte de elaborar vinhos com alegria e prazer. Magda e Márcio pertencem à Quarta geração de uma família que nasceu para produzir vinhos. Uma história que começou em 1887, quando o imigrante italiano Marcelino Brandelli chegou à região de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, trazendo na bagagem a paixão pelas videiras.